sábado, 19 de março de 2011

O SORRISO DO ESPANTALHO



Era uma vez o Espantalho.

Não era muito bonito, pois, como todos os espantalhos, foi feito para espantar pássaros e outros bichos que aparecem nas roças de milho, trigo e outras plantações...

Mas esse Espantalho especial era muito especial mesmo.

Ele não queria assustar ninguém.

Ele queria mesmo é fazer amigos. Muitos amigos.

Então tentou colocar um sorriso estampado na cara, para se mostrar amigável, mas os pássaros, muito ariscos, não acreditaram e nem se aproximaram, mas o nosso Espantalho especial não desistiu, e continuou com o sorriso.

Muito tempo se passou e certo dia, algumas borboletas batiam as asas por aquele milharal, quando perceberam o sorriso estampado na cara.

Ficaram muito curiosas.

Imaginem só!

Onde já se viu um Espantalho com tamanho sorriso estampado na cara?

Aproximaram-se, o Espantalho abriu ainda mais o sorrisão e elas quiseram saber o porquê de tal sorriso e o Espantalho respondeu:

- Ah! É que eu quero muito, muito mesmo, ter um montão de amigos, mas todo mundo se assusta quando me vê!

- Mas com esse sorrisão todo... Tenho certeza que logo, logo vai estar cercado por um montão de amigos.

Não deu outra.

Nosso Espantalho continuou com aquele sorriso estampado na cara e logo estava mesmo por um montão de amigos.

O Espantalho ficou muito feliz.

Quem não ficou nada feliz foi o dono do milharal.

Ah!

Ele ficou muito zangado quando viu aquele bando de pássaros, toupeiras e outros bichos, brincando e devorando seus milhos.

De tão zangado, arrancou o Espantalho do pau onde ficava preso e o deixou caído no meio da plantação.

Logo veio uma chuva forte e os bichos correram para se abrigar, mas o pobre Espantalho não podia correr, não podia se voar e nem mesmo se arrastar.

Foi aí que todos os bichos se juntaram e foram buscar o novo amigo para se abrigar com eles e desde então, nunca se sabe onde o nosso Espantalho pode estar, pois os bichos gostaram tanto dele e ele dos bichos, que agora ele vive assim...

Hora voando com os pássaros, hora debaixo da terra com as toupeiras e onde mais seus amigos bichos puderem leva-lo, transformando-o no Espantalho mais alegre, e sorridente, de todo o mundo.


MARIA HELENA CRUZ
 http://ayram-contosfadas.blogspot.com/
 GOSTOU? ENTÃO ME CONTA...

2 comentários:

  1. olha me interessei muito!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir

GOSTOU? ENTÃO ME CONTA...